Novos domínios chegarão em breve; entenda o que muda

Publicado em 06/06/2013 às 22h01

Internet ganhará endereços personalizados, que podem confundir ou dar riqueza à rede

Partindo do simples, domínio é uma forma de dar nome a uma máquina para que ela seja facilmente encontrada na rede. Qualquer pessoa que usa a internet é familiarizada com os atuais domínios genéricos “ponto com”, “ponto net” e “ponto org”. Além disso, dependendo do país em que o endereço virtual está registrado, ele traz também um sufixo de dominação como, por exemplo, o “ponto BR”.

A novidade é que muito em breve devamos ter novos domínios genéricos de abrangência internacional na web. Em uma página do ICANN, órgão que controla a distribuição de nomes na internet, já é possível fazer a solicitação.

"Na verdade, cada um aplica para um novo interessante. Isso foi aberto ao publica e foi fechado a primeira leva. Foram registrados mais ou menos 1,9 mil pedidos de domínios, como .store, por exemplo", diz Demi Getschko, presidente da Nic.br.

A previsão é que os primeiros novos domínios comecem a ser aprovados e distribuídos no início de 2014. Mas não pense que é simples assim; pedir um nome é caro – algo em torno de 185 mil dólares (míseros 370 mil reais). Depois disso, o pedido é minuciosamente analisado e “talvez” aprovado.

"Pessoalmente eu não vejo muita vantagem, pode ser mais vantajoso ganhar um domínio desses. Pode ser lucrativo vender domínios desses no mundo inteiro - se o nome for um sucesso. Mas alguns domínios conhecidos não foram um grande sucesso, como o .travel de viagem. Não sei se estes novos serão um sucesso, mas achamos importante não perder o bonde da tendência", comenta.

Realmente, para nós, usuários finais, pouco deve mudar com a criação desses novos domínios genéricos. No máximo, se alguém deseja um nome que já está registrado no “ponto com” ou no “ponto com ponto br”, terá uma nova chance de usar o registro em um novo domínio. O NIC BR, que controla e coordena o “ponto BR” entrou com dois pedidos: “ponto bom” e “ponto final”.

Mas quem mais se interessa pela novidade são mesmo as empresas que, ao comprar um domínio, poderão garantir que seu nome não será usado por mais ninguém. Teremos endereços como, por exemplo, office.microsoft, ou iphone.apple. Várias dessas grandes empresas já deram entrada no pedido de domínio genérico; entre elas, três brasileiras. O problema é que o pedido de algumas companhias como a Amazon já cria polêmica sobre o assunto.

"No Brasil e outros países da América Latina já reclamaram, com razão, que o domínio .amazon é uma região e não seria correto uma empresa ganhar um nome que equivale a uma região. Ainda não sabemos se vamos bloquear o domínio ou dá-lo à Amazon. O mesmo ocorreu com o .patagonia", explica. Getschko.

E há mais polêmica envolvida na questão; alguns acham que a criação de novos domínios só vai aumentar a confusão na internet. Outros defendem que vai aumentar a riqueza da web. Bom, depois do pedido, quem quiser assegurar um domínio ainda terá que pagar cerca de 150 dólares todo ano; 300 reais.

E você, tem alguma opinião sobre isso? Acha interessante? Ou está bom do jeito que está?! Deixe sua opinião nos comentários e participe.

 

Enviar comentário

voltar para Maa Weblog

show tsN fwR center|left tsN fwR uppercase fsN|left show fwR fsN uppercase|bnull||image-wrap|login news normalcase c10|fsN fwR c10 normalcase|normalcase c10|news login fwR c10 normalcase|tsN fwR c10 normalcase|fwR normalcase c10|content-inner||