Jovens movimentam até R$ 10 milhões com comércio eletrônico

Publicado por Por Murilo Aguiar - iG São Paulo em 18/08/2014 às 10h53

Aluguel de vestidos, financiamento de peças e venda de artigos de luxo seminovos são algumas das ideias que a internet viabilizou para novos empreendedores do mercado fashion

Alguns setores do varejo parecem ser fechados demais para novos talentos, como o temido mundo da moda. Para quem vê de fora, a impressão é de que, ou você tem uma agenda de contatos invejável para se estabelecer, ou você desiste e opta por outro segmento. No entanto, alguns jovens mais persistentes vêm encontrando na internet uma maneira de perseguir o sonho de ter a própria empresa e ainda criar modelos de negócios inovadores em um mercado que movimenta cerca de R$ 136 bilhões ao ano, segundo dados do Ibope.

Formadas em administração de empresas, Mariana Penazzo, de 27 anos, e Barbara Almeida, de 28 anos, trabalharam por anos no setor financeiro, mas não estavam satisfeitas. As duas amigas, então, começaram a se reunir para pensar em como conseguiriam abrir uma empresa juntas, mas com uma única condição: que envolvesse internet. “Não existia a possibilidade de não envolver, até para escalar o negócio. Hoje em dia, qualquer coisa exige ter um site. Para você atingir o maior número de pessoas possível é só na internet”, conta Mariana ao iG. Assim, a surgiu a ideia de criarem a Dress & Go, site de aluguel de peças de roupas e acessórios femininos.

O site foi lançado em fevereiro de 2013. As sócias investiram R$ 300 mil e captaram mais R$ 1 milhão de um fundo de investimento para o portal. Hoje, com um time de 20 pessoas e peças de grandes marcas como Missoni, Andre Lima e Reinaldo Lourenço, elas já esperam movimentar R$ 10 milhões em 2015.

- Com peças de luxo seminovas, ex-vendedora da Daslu movimenta R$ 1 milhão

O início, porém, não foi fácil. “Essa parte burocrática de abrir empresa demanda bastante energia e dedicação, mas o que toma mais tempo é a parte de estruturar o modelo de negócio e fazer análises de mercado”, fala Bárbara. Entre ter a ideia e o primeiro dia de funcionamento da Dress & Go, foram nove meses. Nesse meio tempo, as sócias abriram um showroom no Itaim Bibi, bairro da capital paulista, no qual as clientes podem também alugar as peças.

Enviar comentário

voltar para Maa Weblog

show tsN fwR center|left tsN fwR uppercase fsN|left show fwR fsN uppercase|bnull||image-wrap|login news normalcase c10|fsN fwR c10 normalcase|normalcase c10|news login fwR c10 normalcase|tsN fwR c10 normalcase|fwR normalcase c10|content-inner||