10 ideias que pareciam bobas, mas fizeram sucesso

Publicado por Da Redação PEGN - 12/01/2015 em 15/01/2015 às 21h49

Conheça alguns casos que comprovam que todo invento tem potencial

 

Já dizia Albert Einstein: "Se uma ideia não parece absurda de primeira, então não há esperança para ela". Logo, nenhuma ideia é boba demais para não ser testada - ou fazer muito sucesso. Prova disso são os dez casos a seguir:

A página inicial de US$ 1 milhão

Alex Tew, de 21 anos, precisava de dinheiro para pagar a faculdade. Ele então teve a ideia de criar uma página de anúncios na qual cada pixel custasse US$ 1. O sucesso foi tanto que ele arrecadou US$ 1 milhão ao longo de um ano.

Doggles

Os Doggles, óculos de proteção para cachorros, foram criados por Roni Di Lullo quando ele percebeu a dificuldade de seu cachorro em enxergar no sol. Em 2004, o produto já era vendido em mais de dezesseis mil países. Desde então, a Doggles tornou-se uma empresa e vende vários artigos destinados a cachorros e gatos.

Bola Koosh

Scott Stilinger criou a bola koosh para seus filhos pequenos brincarem. A bola revestida com tiras de borracha virou sensação nos anos 80 e, ao vender os direitos do brinquedos para a Hasbro, Stilinger ganhou US$ 100 milhões.

 

Pedra de Estimação

A pedra de estimação virou febre nos Estados Unidos nos anos 70 e arrecadou cerca de US$ 15 milhões somente nos primeiros seis meses de venda.

Yellow Smiley Faces

As carinhas felizes amarelas podem parecer simples demais, porém por trás delas já houve um império de US$ 50 milhões. O criador delas, Charlie Ball, não chegou a patentear a marca. Logo, ela fez sucesso nas mãos dos irmãos Murray e Bernard Spain na década de 70.

iFart

O empresário Joel Comm arrecadou mais de US$ 400 mil com o iFart. O aplicativo reproduz cerca de vinte e seis sons de gases diferentes. Só nas duas primeiras semanas de vendas, o iFart recebeu mais de 113 mil downloads.

Snuggie

 

O snuggie, um cobertor com mangas, foi criado por Scott Boilen. O produto fez tanto sucesso que arrecadou mais US$ 200 milhões e contou com estrelas como Ellen DeGeneres, Whoopi Goldberg e Jay Leno em sua campanha de marketing.

Mola Maluca

O brinquedo conhecido no Brasil como Mola Maluca foi criado sem querer por um engenheiro naval. Richard James deixou escapar a mola de tensão na qual estava trabalhando e, ao ver o movimento dela, teve a ideia para o brinquedo. O estimado é que a família do engenheiro tenha lucrado US$ 250 milhões com as vendas.

Icanhascheezburger.com

A vontade de compartilhar a foto de um gato com mensagens engraçadas tornou os amigos Eric Nakagawa e Kari Unebasami milionários. Eles criaram um domínio no qual há uma série de fotos engraçadas de gatos. Em 2007, o site foi vendido por US$ 2 milhões para Ben Huh, que criou mais seis plataformas e fechou um contrato para um livro sobre o I can has cheezburger.

Wacky Wall Walker

Quando sua mãe lhe mandou um Wacky Wall Walker do Japão, Ken Haruta correu para comprar os direitos para vender o brinquedo - feito com uma borracha que gruda na parede  -nos Estados Unidos. A aquisição foi feita por US$ 100 mil e valeu a pena - o objeto virou sensação na década de 80, lucrando mais de US$ 80 milhões

Enviar comentário

voltar para Maa Weblog

show tsN fwR center|left tsN fwR uppercase fsN|left show fwR fsN uppercase|bnull||image-wrap|login news normalcase c10|fsN fwR c10 normalcase|normalcase c10|news login fwR c10 normalcase|tsN fwR c10 normalcase|fwR normalcase c10|content-inner||